Mariza chega às páginas do Financial Times

Ir em baixo

Mariza chega às páginas do Financial Times

Mensagem  PapaNJam em Qua Out 08, 2008 6:08 am

Depois de um artigo no Times, a portuguesa é destaque em jornal de negócios de referência. Mariza diz que não se sente "a embaixadora" de Portugal.

Mariza foi um dos destaques deste fim-de-semana do jornal de negócios inglês The Financial Times. O artigo conta a história da fadista nascida em Moçambique e antecipa dois publicitados concertos na London EC2, na capital inglesa, a 1 e 2 de Novembro.

O artigo, que descreve o fado como "blues urbanos portugueses", apresenta Mariza como a sucessora da "diva Amália Rodrigues" e fala da sua projecção internacional apesar de esta nunca ter desejado, assim arranca o texto, tornar-se uma "superstar".

"Todos os artistas são representantes dos seus países. Não me sinto uma embaixadora. Mas tenho uma série de olhos postos em mim. Recebo muitos prémios da parte do governo do meu país mas não é isso que me faz cantar, é a música. Partilhá-la é espectacular", sublinhou a fadista ao jornal.

Embora não se veja como cartão-de-visita, a portuguesa respondeu à eterna pergunta sobre o fado: "Quando dou concertos, vejo pessoas que não falam português a chorar sem saber porquê (...) O fado não é triste, é realista. Leva-te ao fundo da alma do ser humano", disse, adiantando as raízes na história de um país à beira mar - "Um marinheiro não sabe quando é que vai voltar a casa, ou se vai voltar. Cantavam para limpar as almas, sobre Lisboa, sobre o Tejo, sobre o mar, sobre Deus, o amor, a morte, a tristeza e a alegria".

O artigo publicado este Sábado, perto do aniversário da morte de Amália Rodrigues que se assinalou ontem, refere a desaparecida voz do fado e questiona o estado da canção em Portugal quase uma década depois. "Hoje, e nos últimos oito anos, vai estando diferente. Temos um museu do fado. A geração mais nova é muito pró-activa. O meu músico na guitarra portuguesa tem 19 anos, o da guitarra acústica tem 22. A geração mais nova está a tentar proteger a música e participar nela", frisou Mariza.

Os concertos marcados para o primeiro fim-de-semana de Novembro em Londres estão praticamente lotados.

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum