Opeth-1990

Ir em baixo

Opeth-1990

Mensagem  PapaNJam em Ter Jul 01, 2008 11:04 am

Opeth é uma banda de death metal e metal progressivo originária da Suécia, formada em 1990. Os trabalhos da banda se caracterizam pelo contraste que surge entre os elementos mais leves de violão, canto e jazz, combinados à agressividade do death metal. Além das peculiaridades que tornam a sonoridade da banda algo singular, os temas por ela abordados se focam em aspectos sombrios da subjetividade humana, tais como angústia, medo, remorso e outras formas de sofrimento presentes em gêneros musicais mais sentimentalistas e melancólicos como o doom metal e outras ramificações da música gótica, fato que gera controvérsia sobre a real natureza da banda. Suas canções são fortemente marcadas por elementos oníricos que, somados à uma atmosfera inebriante e envolvente, transmitem a nebulosa sensação de devaneio. Seu vocalista e principal guitarrista é Mikael Åkerfeldt, que alterna constantemente entre o vocal gutural e o vocal limpo.

O nome Opeth é uma referência ao livro "Sunbird", de Wilbur Smith. A banda vêm fazendo parcerias recentemente com o aclamado artista Steven Wilson, inclusive na produção e execução de seus últimos álbums
História
O Opeth foi formado em Estocolmo, Suécia, por David Isberg em 1990. Isberg convidou Mikael Åkerfeldt para reunir-se à banda em sessões de música como baixista, mas não avisou os outros membros, inclusive o então baixista da banda. Como resultado, todos os membros da banda saíram exceto por Isberg, e Åkerfeldt logo oficializou o convite após o fim de sua outra banda, Eruption. Com Åkerfeldt na guitarra e David Isberg no vocal, o Opeth ainda estava precisando de outros membros. Para isso reuniram o antigo baterista do Eruption e amigo de Åkerfeldt, Anders Nordin, além de Nick Döring no baixo. Andreas Dimeo foi recrutado posteriormente como segundo guitarrista. Ensaiando em uma escola e com equipamentos antigos que eles encontraram, essa formação durou menos de um ano e apresentou-se somente uma vez. Em 1991 os integrantes passaram o verão ensaiando na ilha de Hamnholmen, fora de Estocolmo, com seu antigo amigo de escola e baixista Max Jaderberg, que havia sugerido um som mais proeminente de instrumento na banda.

Após sua primeira apresentação Andreas Dimeo e Nick Döring saíram da banda. Para a segunda apresentação o guitarrista Kim Pettersson e o baixista Johan DeFarfalla reuniram-se à banda. Posteriormente DeFarfalla deixou a banda, retornando somente em 1994. Pettersson permaneceu para outro concerto, deixando a banda somente em 1991. Para aquela apresentação foi recrutado Peter Lindgren para o baixo, mas após a saída de Pettersson Lindgren retornou à guitarra, seu instrumento original.

Isberg deixou a banda no início de 1992 devido à diferenças e Mikael tournou-se o novo vocalista, amplamente devido à sua experiência no papel no Eruption. Junto com Lindren começaram a escrever novo material, e passaram a ensaiar como um trio até a entrada do novo baixista, Stefan Guteklint, que reuniu-se à banda por um ano.

Após assinarem contrato com a Candlelight Records Stefan Guteklint foi retirado da banda. Gravaram o primeiro álbum Orchid em 1994, com Johan DeFarfalla como baixista de estúdio, que posteriormente tornou-se membro oficial da banda. O álbum foi lançado no ano seguinte, e em 1997 nos Estados Unidos pela Century Media Records. A produção foi feita pela própria banda , com o apoio de Dan Swanö na engenharia de som.

Morningrise, o segundo álbum, foi gravado entre março e abril de 1996 e lançado no final do mesmo ano. Swanö foi novamente o engenheiro de som e agora também produtor. O álbum contém cinco canções, variando entre dez à vinte minutos de duração. "Black Rose Immortal", a faixa de vinte minutos, permanece como a faixa mais longa do Opeth. A primeira turnê pela Europa ocorreu juntamente com a banda Cradle of Filth, seguida do lançamento de Morningrise. Após a série de concertos Johan DeFarfalla foi expulso da banda e Anders Nordin saiu, movendo-se para o Brasil.

O terceiro álbum My Arms, Your Hearse (1998) mostrou a adição do baterista Martin Lopez, anteriormente do Amon Amarth. Pouco antes da gravação Martin Mendez foi recrutado como baixista da banda, mas como não havia tempo para aprender o material, Åkerfeldt tocou o baixou nessa obra. O álbum foi produzido pelo sueco Fredrik Nordström, que já havia trabalhado com outras bandas notáveis como Arch Enemy, In Flames e Dark Tranquillity.

My Arms, Your Hearse exibiu uma mudança no estilo, contendo canções mais curtas. É considerado um álbum conceitual, mais obscuro que o anterior. Contém "Demon of the Fall", uma das canções favoritas das fãs e freqüentemente executada em concertos. Foi o último álbum lançado pela Candlelight Records. A influência do jazz de Martin Lopez recebeu críticas positivas.

O quatro álbum do Opeth Still Life, lançado pela Peaceville Records em 1999, é outro álbum conceitual que narra a história do amor de um homem por uma mulher chamda Melinda, e seu retorno do exílio para encontrá-la, resultando na execução dos dois. Åkerfeldt chamou sua filha Melinda em honra ao personagem criado para o álbum. Novamente produzido por Fredrik Nordström, o álbum marcou o retorno do som mais balanceado de Morningrise, contrastando a melodia do violão com elementos do death metal. É considerado por muitos como a maior referência na evolução do som da banda. foi o primeiro lançamento com Martin Mendez no baixo, e foi somente ensaiado duas vezes como uma banda completa. Still Life foi originalmente planejado para ser lançado no final de setembro de 1999, mas acabou sendo adiado para 4 de outubro e novamente para 18 de outubro, que tornou-se a data oficial.

O quinto álbum da banda Blackwater Park, lançado pela Music for Nations em 2001, recebeu críticas positivas e teve sucesso comercial na América do Norte, mostrando uma influência maior do metal na banda. Sua produção foi feita por Steven Wilson, líder do Porcupine Tree, que também participou como vocal de apoio e partes de guitarra e piano.

O álbum de 2002 Deliverance, também produzido por Steven Wilson e lançado pela Music for Nations, alcançou as paradas da Billboard Top 100. É um dos álbuns mais pesados da banda, contendo canções que lembram obras de Morbid Angel. A banda continuou a experimentação com mudanças de tempo.

O sétimo álbum Damnation, foi gravado simultaneamente com o anterior, mas evitou todos os elementos do death metal, mostrando em seu lugar um ambiente do rock progressivo da década de 1970. Foi novamente produzido por Steven Wilson, que também contribuiu com vocal de apoio e teclado, além de co-escrever a canção "Death Whispered a Lullaby".

Em 2004 o Opeth lançou Lamentations (Live at Shepherd's Bush Empire 2003), um DVD contendo duas horas de um concerto no Shepherd's Bush Empire em Londres, Inglaterra. A apresentação é divida em duas partes, sendo apresentado na primeira parte o álbum Damnation por completo, além de "Harvest" de Blackwater Park. Na segunda parte são incluídas faixas mais pesadas de Blackwater Park e Deliverance.

Durante a turnê de Deliverance a banda trouxe Per Wiberg (Spiritual Beggars) para o teclado; Per logo tornou-se o quinto membro da banda, agora oficialmente. A banda entrou em estúdio em 15 de março de 2005 para gravar seu próximo álbum, Ghost Reveries. Foi lançado em 30 de agosto do mesmo ano pela Roadrunner Records. É freqüentemente considerado um álbum conceitual, como planejava Åkerfeldt.

Em entrevista de 2006[1], Peter Lindgren comentou sobre a incerteza de Lopez na banda. Em maio o músico deixou oficialmente a banda devido à ataques de ansiedade, tendo sido substituído por Martin Axenrot.

Em 17 de Maio de 2007, foi anunciado no site oficial que Peter Lindgren estava fora da banda. Lindgren foi substituído por Fredrik Åkesson, também integrante do Talisman e integrante temporário do Arch Enemy.

Mikael Åkerfeldt - vocal e guitarra (1990 - presente)
Fredrik Åkesson - guitarra (2007 - presente)
Martin Mendez - baixo (1997 - presente)
Per Wiberg - teclado (2005 - presente)
Martin Axenrot - bateria (2006 - presente
Discografia

Orchid (1995, re-lançado em 2000)
Morningrise (1996, re-lançado em 2000)
My Arms, Your Hearse (1998, re-lançado em 2000)
Still Life (1999)
Blackwater Park (2001)
Deliverance (2002)
Damnation (2003)
Ghost Reveries (2005)
The Roundhouse Tapes: Opeth Live (2007)
Watershed (2008)
Página oficial http://www.Opeth.com

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum