As capas de disco mais polêmicas da música

Ir em baixo

As capas de disco mais polêmicas da música

Mensagem  PapaNJam em Sab Jul 05, 2008 1:18 pm

Os ingleses dos Beatles, Roxy Music, Rolling Stones, entre outros grupos do resto mundo, já lançaram álbuns cujas capas provocaram polêmica e, em alguns casos, até censura. O site da Gisbon, uma das fábricas de guitarras mais famosas do planeta, listou algumas das capas de discos mais controversas da história. The Beatles - Yesterday and Today
Lançado em 1966 somente nos EUA e no Canadá, o disco carregava uma foto tirada pelo fotógrafo Robert Whitaker, mostrando o quarteto de Liverpool coberto de sangue, pedaços de carne e partes de bonecas. Apesar de ter dominado as paradas americanas na época de seu lançamento, a capa de Yesterday and Today foi duramente criticada. A gravadora Capitol ordenou que todas rádios que possuíssem o disco com a foto sangrenta o destruíssem. Hoje, é um dos discos mais raros e valiosos dos Beatles

Moby Grape - Moby Grape
O primeiro disco dos californianos psicodélicos do Moby Grape saiu em 1967. Por conta da imagem do baterista Don Stevenson mostrando o dedo do meio ao lado de seu colegas de banda, o disco teve que ser recolhido logo depois de seu lançamento.

Jimi Hendrix - Electric Ladyland
O terceiro disco do deus da guitarra Jimi Hendrix causou rebuliço em outubro 1968 não apenas pelo seu repertório genial que mudou o rumo rock, mas também por causa da ousadia de sua capa. Uma fotografia de um grupo de belas mulheres nuas estampava Electric Ladyland. Recusada pela gravadora, a capa original acabou sendo substituída por uma foto da cabeça de Hendrix.

Rolling Stones - Beggars Banquet
A idéia dos Stones era de que a capa de Beggars Banquet, lançado em 1968, levasse a fotografia de um banheiro sujo e repleto de pichações. As gravadoras Decca e London, responsáveis pelo disco, fizeram a banda adiar o lançamento do álbum para que a banda pudesse providenciar uma nova arte: uma imitação de um cartão de convite. A capa original só veio à luz em 1984, quando Beggars Banquet foi lançado em CD pela primeira vez.

Blind Faith - Blind Faith
O primeiro e homônimo trabalho do super grupo de Eric Clapton, Steve Winwood e Ginger Baker provoca controvérsia até hoje. O autor da imagem na capa, que exibe uma garota nua segurando um avião prateado, alega que a menor foi fotografada com o consentimento dos pais. Apesar do disco hoje manter a capa original, na época de seu lançamento ele foi recolhido e a imagem da garota substituída por uma foto em preto e branco da banda.

Roxy Music - Country Life
Estampar seus discos com belas mulheres já tinha se tornado um hábito dos ingleses do Roxy Music em 1974. Mas a nudez das modelos Constanze Karoli e Eveline Grunwald na capa de Country Life foi um pouco demais para os padrões morais de alguns países. A capa acabou sendo censurada nos EUA, Espanha e Holanda.

Lynyrd Skynyrd - Street Survivors
O quinto álbum de estúdio dos reis do southern rock tomou as prateleiras das lojas em 17 de outubro de 1977. Na capa, a banda inteira posava envolvidos por várias labaredas de fogo. Poucos dias depois do lançamento de Street Survivors, uma acidente aéreo matou dois integrantes e feriu gravemente os restantes. Depois da tragédia a capa foi retocada e as chamas removidas.

Guns N' Roses - Appetite for Destruction
A arte inicial do primeiro disco do Guns N' Roses, banda acostumada a controvérsias, trazia uma pintura que retratava um robô estuprador prestes a ser atacado por um monstro de metal. Apesar do imenso sucesso comercial (20 milhões de cópias vendidas), os escritórios da gravadora Geffen foram inundados com reclamações e comentários de indignação. Só restou ao selo recolher as capas e substituí-la por uma versão mais amena.

Black Crowes - Amorica
Uma foto tirada das páginas da revista masculina Hustler, exibindo uma virilha feminina vestindo um biquíni com a bandeira dos EUA, era ostentada na capa do terceiro disco dos americanos do Black Crowes. O visual de Amorica não causou uma boa impressão nas redes de lojas que vendiam o disco, resultando numa devolução quase total dos cópias.

Scorpions - Virgin Killer
Enquanto na Alemanha, país de origem do Scorpions, a capa de Virgin Killer (1976) passou despercebida, em lugares como os EUA ela fez a acusação de pornografia infantil e pervertidos pairar sobre as cabeças dos membros do grupo germânico de heavy metal. Tamanha foi controvérsia, que a capa original permanece censurada até hoje

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum